sexta-feira, 31 de julho de 2009

Tudo está gravado em mim, desde o menor suspiro. (isso é angustiante)
Eu falava de nossos momentos com o rosto banhado por um sorriso sonhador, e ela me olhava estupefata, quase envergonhada: eu vivera uma coisa bela e ela não vivera comigo.
Isso pode exprimir toda a diferença entre o amor e o não-amor.
Hoje essas palavras criam uma grande atmosfera fria e singular.
Será que fiz a escolha certa quando resolvi tentar te esquecer?

Estava na janela olhando a rua e as pessoas que por ali passavam.
Olhava a rua cheia de angustia e não consigo tomar uma decisão.
Seria melhor gritar e se precipitar, ou calar-se e esperar uma agonia mais lenta?
A verdade é que essa vida só existe uma vez, e não poderemos jamais verificar qual seria a boa ou a má decisão, porque, em todas as situações, só podemos decidir uma vez.
Não temos 7 vidas para que possamos comparar decisões diferentes.
Se uma história pudesse se repetir, seria interessante experimentar a cada vez uma outra eventualidade, e em seguida, comparar os dois resultados.
Como essa experiência não pode ser feita, todos os raciocínios passam a ser apenas um jogo de hipóteses.
Mas a vida não é um jogo???
Quem perde sai, fica só quem sabe jogar(8)

6 comentários:

  1. Curtii as coisas que
    você escreveu '

    Adoreii seu blog '

    beiijoos ' *
    já sou seguidoraa ' =D

    ResponderExcluir
  2. ja sou sua seguidora :D .. e de qualquer modo adorei seus textos e as fotografias... parabens

    ResponderExcluir
  3. realmente é um jogo... e que venca o melhor!! ou o mais trapaceiro! kkk

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Mandou muito no texto! G_G

    ResponderExcluir
  5. ADOROOO a foto do layout.

    Inaptos na seleção natural.

    Afinal : "os mais bem adaptados têm maior chance de deixar descendentes".

    ResponderExcluir